Descubra como o framework correto pode acelerar sua startup

acelerar startup

Descubra como o framework correto pode acelerar sua startup

 

“Não basta dar os passos que nos devem levar um dia ao objetivo, cada passo deve ser ele próprio um objetivo em si mesmo, ao mesmo tempo que nos leva para diante.”

Johann Goethe

 

Descubra como o framework correto pode acelerar sua startup from Thiago Ribeiro on Vimeo.

 

Tenho visto alguma confusão na cabeça dos empreendedores sendo alimentada pelo tratamento superficial dado há alguns dos conceitos pensados para aumentar as chances de sucesso das nossas startups.

Acredito que seja claro para todos, que há uma grande possibilidade de falharmos ao tentar inovar. E falhar rápido nos ajuda a economizar tempo e dinheiro, mas falhar sem nem saber que falhamos é uma realidade vivenciada por muitos de nós.

O mantra “falhar rápido” (fail fast) indica que precisamos estabelecer critérios claros para reconhecer quando falhamos e, principalmente, criarmos estratégias para aprender o máximo possível sempre que as coisas não saiam como planejamos.

Não se trata somente de sair fazendo, correndo para colocar a solução no mercado e chegar nos segmentos de clientes na frente de nossos competidores. Se trata de aprender nesse caminho.

Uma startup é quase como “amolar o machado”

Você já deve ter ouvido essa frase atribuída a Abraham Lincoln (e suas diversas variações de tempo): “Se eu tivesse apenas uma hora para cortar uma árvore, eu usaria os primeiros quarenta e cinco minutos afiando meu machado.”

Em minha visão, se aceitarmos que uma startup é uma organização temporária em busca de modelo de negócios escalável e repetível, somos um bando de loucos “amolando um machado” até estarmos prontos a sairmos por aí derrubando árvores.

E algumas das perguntas que faríamos se nunca tivéssemos derrubado uma árvore antes seriam:

  • Como derrubo a árvore com um machado?
  • Por que devo amolar o machado antes de tentar derrubar a árvore?
  • Qual a melhor maneira de amolar o machado?
  • Como saberei se o machado está no ponto ótimo para derrubar a árvore?

As pistas para acelerar sua startup estão no Desenvolvimento de Clientes e no Lean Startup

Com o objetivo de guiar esses esforços e aumentar a velocidade do nosso aprendizado, foi inicialmente desenvolvido por Steven Gary Blank o framework de Desenvolvimento de Clientes, que, posteriormente, ganhou o reforço das metodologias do Lean Startup, de Eric Ries, Ash Maurya e outros autores importantes.

Cada um deles, à sua maneira, contribuiu para nos orientar a percorrer esse caminho insano nessa jornada nem sempre bem-sucedido de tirar uma ideia do papel e, juntos, mudaram completamente nossa forma de criar novos negócios.

O ponto central aqui é que, o simples uso desse ferramental será insuficiente para minimizar as perdas ou acelerar o desenvolvimento da sua startup, sem que haja no modelo mental do empreendedor uma preocupação real com o aprendizado e a clareza do que deve ser investigado em cada passo dado.

Mais importante que o framework correto, é o uso correto do framework

Nossa experiência mostra que apenas conhecer as metodologias é insuficiente.

Às vezes, porque precisamos de outros referenciais, outras vezes porque precisamos superar alguns vieses cognitivos que tendem a nos sabotar, outras vezes ainda, porque não conseguimos interpretar corretamente o que as evidências estão tentando nos revelar.

O fato é que é difícil para nós compreendermos que uma startup é um experimento, um experimento caro e arriscado que demanda de nós mais do que, em muitos casos, damos conta de resolver sozinhos.

Use outras metodologias de suporte para acelerar sua startup

Além do framework do Desenvolvimento de Clientes, do entendimento claro dos marcos que precisamos atingir para mudarmos de fase e do uso correto das metodologias Lean, precisaremos nos amparar nos princípios do Design Thinking e do Design de Serviços e mergulharmos fundo no campo do Growth Marketing, do Inside Sales, do Sucesso do Cliente se pretendemos tirar nossa startup do chão e prepara-la para crescer e escalar; seu próximo grande passo.

E, como estamos falando de um negócio, precisaremos fazer sua gestão financeira, precificar, padronizar processos, gerenciar equipes, dentre outras tantas tarefas complexas que demandam conhecimento, experiência, tempo e dedicação.

Garanto que essa é uma curva bastante longa de aprendizado e que o melhor a fazer é buscar ajuda o quanto antes para ter sucesso ao percorrer esse caminho.